Quadrilha é presa em MS suspeita de golpes de consórcio em 3 estados: ‘um sonho que virou pesadelo’, diz vítima

Objetos apreendidos com quadrilha suspeita de golpe em vários estados — Foto: Reprodução/TV Morena

Prejuízo com vítimas já identificadas somam R$ 130 mil em contratos que totalizam R$ 350 mil.

Uma quadrilha suspeita de aplicar golpes de consórcio em moradores de Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná foi presa entre a noite de segunda-feira (17) e a madrugada desta terça-feira (18), em Campo Grande. “Um sonho que virou pesadelo”, resume uma das vítimas, moradora em Sidrolândia (MS), que prefere não se identificar.

Segundo o delegado de Polícia Civil Enilton Zalla, responsável pela prisão, só com as oito vítimas já identificadas o prejuízo estimado é de R$ 130 mil em contratos que somam R$ 350 mil. A polícia acredita que muito mais pessoas tenham sido vítimas.

“Eu dei R$ 10 mil de entrada. Passei R$ 4 mil à vista e R$ 6 mil eu passei no cartão em seis vezes. […] Tem gente que deu entrada de R$ 21 mil, R$ 45 mil. […] Nunca pensei que ia passar por uma situação dessa”, fala uma vítima moradora em Sidrolândia.

De acordo com o delegado, a quadrilha fez vítimas em Franca, Campo Grande, Ponta Grossa e Curitiba.

Dois dos quatro suspeitos foram presos em flagrante quando faziam mais um contrato. Os outros estavam em um hotel. Eles foram autuados por estelionato, associação criminosa e falsidade ideológica.

Conforme a polícia, eles atraíam as vítimas através de publicações em redes sociais e prometiam cartas de crédito de casas e veículos, que não existiam de fato, com baixo valor de entrada e de parcelas.

Com o grupo foram apreendidos diversos cartões pessoais, bancários, de visita, documentos, dinheiro nacional e estrangeiro, máquina de cartão, notebook, comprovantes de depósitos bancários e diversos papéis.

A Delegacia Especializada em Repressão a Crimes de Defraudações irá ficar responsável pelas investigações.

Créditos G1