Comerciante dá tiros para o alto, diz que era pra ‘testar a pistola’ e é preso em flagrante em MS, diz polícia

Polícia apreendeu pistola com jovem após disparos — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Polícia de MS fazia rondas e percebeu que tiros vinham da casa do suspeito. Ele tentou correr, mas, houve abordagem. Jovem alegou que comprou arma há 1 semana.

Um jovem de 27 anos foi preso em flagrante por uma equipe da Força Tática, na madrugada deste domingo (24), na rua Badejo, Jardim Centro Oeste, em Campo Grande. Segundo o registro policial, ele efetuou disparos com uma pistola cromada calibre 635, tendo munições por perto e ainda um carregador guarda na sala do imóvel dele.

Os policiais faziam rondas, por volta das 1h55 (de MS), quando ouviram os disparos vindas da casa do suspeito. O homem, ao ver a viatura, correu para dentro e foi abordado. Quando os policiais encontraram a arma, questionaram sobre a documentação e o rapaz informou que não tinha.

No entanto, ele comentou que comprou a arma há cerca de uma semana, de uma pessoa que não sabe o nome, sendo que a intenção era proteger o comércio dele e também para “segurança pessoal, mesmo sem ter rixas com ninguém”.

O jovem foi encaminhado para Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga e deve responder por disparos de arma de fogo, além do porte ilegal. Somadas, as penas máximas chegam a 8 anos de reclusão.

Créditos Graziela Rezende