Médico envolvido na morte de mulher em acidente em rodovia de MS tem prisão preventiva decretada

Chovia bastante no momento do acidente (Foto: PRF/Divulgação)

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista fez o teste do bafômetro que atingiu mais que o dobro do limite tolerado.

O médico de 69 anos envolvido na morte de uma mulher de 36 anos, na BR-163, próximo a Campo Grande teve a prisão preventiva decretada nesta segunda-feira (3), durante audiência de custódia. A juíza Sandra Regina da Silva Artioli, afirmou que novas informações vão embassar o Ministério Público (MP), que irá definir qual tipo penal do caso.

O acidente ocorreu neste domingo (2). Chovia bastante durante a colisão. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro do médico estava em alta velocidade e bateu na traseira de um outro veículo com dois ocupantes. A passageira do carro não resistiu a força da batida e morreu no local.

Ainda segundo a PRF, o médico fez teste do bafômetro que atingiu mais que o dobro do limite tolerado para determinar crime de trânsito. Ele foi atendido pelo Corpo de bombeiros e encaminhado para delegacia de Polícia Civil.

Créditos G1